»

● Menu ¬

  ● Principal
  À Loja
  Resp. Técnico
  Banho e Tosa
Desaparecidos
  Animais p/Doação
  Animais p/Venda
  Fotos
Downloads
  Ipva
  Multas
  Contato
       
       
   

 

   
       
       
     
       
        
       
       
       
   
   
 
       
   
   
 
       
     
       
 
 

•----------------------------------•

História do American Shorthair

Até meados de 1960 essa raça era conhecida como Domestic Shorthair, no entanto ela passou a ser chamada por American Shorthair em 1966 para deixar claro seu aspecto totalmente americano e diferenciá-lo das outras raças de pelo curto. A raça veio nos primeiros navios que chegaram aos Estados Unidos, sendo usados para manter as embarcações livres de ratos e outras pragas que pudessem aparecer. Esses gatos eram fortes e ficaram conhecidos por essa habilidade de caça, mas logo se destacaram por suas cores e inteligência.

No fim do século 19, a raça passou a ser exibida em shows e logo ganhou seu reconhecimento pela CFA (1906). Os criadores passaram a selecionar gatos que possuem as características desejadas para o American Shorthair, deixando seu rosto mais refinado, trabalhando em sua estrutura proporcional e mantendo seu temperamento equilibrado.

 
(Fonte:cachorrogato.com.br)
 

•----------------------------------•

História do American Bobtail Longhair

A ancestralidade do American Bobtail é um grande mistério, existem pessoas que acreditam que ele seja proveniente do Lince Americano, um felino selvagem, enquanto outras acham que ele veio de raças como o Manx ou o Bobtail Japonês por causa de sua cauda curta e enrolada sobre o dorso. A primeira hipótese é impossível geneticamente, enquanto a segunda nunca foi comprovada. O que se sabe é que o American Bobtail surgiu em meados de 1960, quando um casal americano adotou um gato de aparência selvagem encontrado numa reserva indígena.

O American Bobtail Longhair é resultante da introdução da raça Himalaio em sua linhagem e a cauda desse gato é resultado de um gene dominante. A raça é popular nos Estados Unidos, mas pouco comum fora do país. Ela é aceita na TICA desde 1989 e pela CFA, oficialmente, desde os anos 2000.
 
(Fonte:cachorrogato.com.br)
 

•----------------------------------•

História do Abyssinian

O Abyssinian é um dos gatos mais antigos que se tem conhecimento. Apesar disso, as origens dessa raça ainda são desconhecidas.

A raça Abyssinian foi reconhecida pela primeira vez na Inglaterra, no ano de 1871. Apesar do nome sugerir que a raça teve origem na Etiópia, o Abyssinian só leva esse nome porque foi desse país que foram importados os primeiros exemplares e na época esse pareceu um bom nome para a raça.

Por sua semelhança com esculturas e pinturas do antigo Egito, acredita-se que os ancestrais do Abissínio eram gatos egípcios. Por outro lado, pesquisas genéticas dizem que a verdadeira origem dessa raça foi no Oceano Índico e uma terceira gama de aficionados por gatos afirma que eles possuem sangue africano, por sua incrível semelhança com um gato selvagem da região.

Durante o período das Grandes Guerras Mundiais o Abissínio quase desapareceu da Inglaterra, assim como tantas outras raças de gatos e cachorros - e para piorar, logo após isso ocorreu a grande epidemia de leucemia felina, o que fez com que o número de gatos dessa raça diminuísse ainda mais.

 
(Fonte:cachorrogato.com.br)
 

•----------------------------------•

História do Yorkshire Terrier

Enquanto a Revolução Industrial levou a maior parte do mundo à realização do maior e do melhor, alguns talentos ilustres buscaram o menor e melhor. A raça Yorkshire Terrier é uma notável criação humana do século XIX, em um tempo que os cinofilos britânicos cruzavam vários tipos de Terrier para desenvolver cachorros belos e adaptados às suas necessidades.

Nos condados de York (popularmente conhecido como Yorkshire) e Lancaster apareceu a raça que conhecemos como Yorkshire Terrier em sua forma mais conhecida. As raças que contribuíram para a criação do Yorkie são um mistério até hoje; no entanto, nomes como English Toy Terrier, Maltês, Skye Terrier, Dandie Dinmont Terrier são alguns dos nomes que aparecem entre os mais cotados quando se tenta definir os que fizeram parte desse processo.

Apesar de este grande conjunto de raças poder ter ido envolvido na geração dos Yorkshire, são outras quatro raças do grupo terrier as mais citadas como verdadeiras ‘mães’ dos Yorkies: Airdale Terrier, English Black Terrier, Tan Terrier e Clydesdale Terrie.

Embora os tipos Airdale e English Black tenham características bastante distantes das encontradas nos Yorkshires, as raças Tan e Clydesale Terrier contam com grandes e notáveis similaridades – principalmente, em quesitos como tamanho compacto e pelagem comprida.

Embora nossos Yorkshires Terrier de hoje sejam muito apreciados como cachorros de exposição e de companhia – sendo fieis escudeiros de seus donos - há algo a mais que um pequeno espírito lutador em seu sangue. Os primeiros exemplares de Terrier ingleses miniatura eram ferozes caçadores de ratos que trabalhavam com os mineiros e também os entretiam. Esses pequenos Terriers se mostraram muito bons para matar seus inimigos com rapidez. 

Muito mais independente e corajoso do que a grande maioria das raças de pequeno porte, o cachorro do grupo Terrier costuma não ser tão grudado no dono como outros pets – porém, é justamente esse tipo de característica nata que pode tornar os cães Yorkshire mais tranqüilos de se conviver; podendo registrar um nível bem baixo das crises de ciúme e ataques de latidos tão frequentes entre outras raças.

À medida que a raça foi se desenvolvendo, a controvérsia entre se tratar de um Terrier ou de uma miniatura se desfez, pois muitos trabalhadores disseram que o Yorkie era um cachorro excelente para o trabalho, apesar do aspecto muito charmoso. Foi somente no ano de 1900 que, depois de muita controvérsia, foram consideradas como autênticas as variações menores dos cães da raça – fato que incentivou amplamente os criadores da época a tentar produzir exemplares ainda menores do Yorkshire; agradando o público e as madames da época.

No entanto, embora em tempos mais antigos houvesse quem prezasse pelo menor tamanho possível da raça, vale citar que, nos dias de hoje, não se deve confiar em criadores que anunciam versões mini, micro ou toy da raça. Atualmente, já existe uma padronização do Yorkie, e é preciso lembrar que a miniaturização dos cães pode ser algo extremamente prejudicial para a saúde do pet – provocando mutações e disfunções graves no cãozinho em função de uma estética irreal.

Hoje em dia a raça segue como um cordial e pequeno cão Terrier, ainda que seu caráter atrativo e doce seja famoso. Além da personalidade, nos dias de hoje também podemos afirmar que a raça, em si, já é famosa e extremamente adorada nas partes mais variadas de todo o mundo. Até mesmo no mundo da televisão o Yorkshire já faz sucesso há tempos e, atualmente, é o pet tão cuidado e mimado do personagem Raj, da série norte-americana de grande sucesso Big Bang Theory.

 
(Fonte:cachorrogato.com.br)
 

•----------------------------------•

História do Whippet

Whippet é uma das várias raças classificadas no grupo dos Galgos, também conhecidos como “cachorros de ver”. Esses cachorros estão adaptados à caça de presas em campo aberto, graças a sua visão. Uma vez que localizam a preza podem superá-la tanto na velocidade quanto na resistência, graças às suas extremidades largas.

Devido a essa forma de caçar, os Galgos estão presentes, historicamente, em regiões onde há muito campo aberto, no norte da África e nos países árabes, na Rússia, Irlanda e Escócia.


Whippet atual é um membro mais recente desse apreciado grupo de cachorros e foi criado pelos mineiros e moleiros no norte da Inglaterra.


Aceita-se que o lobo asiático foi o antepassado dos galgos, pois não se sabe da existência de um outro lobo na região onde se originaram esses cachorros. Mesmo sendo o Whippet uma raça relativamente moderna, vale a pena mencionar que os gregos e romanos utilizavam galgos pequenos, de um tamanho bem menor do que o que conhecemos atualmente.


Conforme foi se desenvolvendo a raça Whippet, os criadores tinham como objetivo a criação de um cachorro que fosse como um Greyhound pequeno e veloz, mas deveria ser mais resistente do que o Pequeno Galgo Italiano. Efetivamente, o Whippet precisava ter agilidade e elegância, além de valentia e tenacidade. Tendo isso, várias raças foram usadas para sua criação.


Essa invenção criteriosa teve como resultado um cachorro com a resistência de um Terrier de trabalho, combinado com a velocidade e simetria dos aristocratas galgos, com o corpo refinado para que se parecesse com os Greyhound. Então nasceu o Whippet que conhecemos.


No início, a raça teve vários outros nomes, mas se diz que Whippet se originou da palavra “whip” (chicote, em inglês) devido seu caráter desperto e sua velocidade.

 
(Fonte:cachorrogato.com.br)
 

•----------------------------------•

Crise de Desemprego

 

 
                               

•----------------------------------•

Cotação Dólar / Euro

 

Muito Importante

As notícias, textos, vídeos e fotos publicadas neste SITE são de responsabilidade única de suas fontes e autores e podem não expressar necessariamente a opinião da Agropecuária Bomsenhor 

 

 
└Parceiros
 
     
       
           
     
           
         
         
       
         
       
         
 
   
 
   
 
   
 
   
 
   
     
     
 

 

   

 

Copyright © 2012-2014 - Agropecuária Bomsenhor • Timbó-SC - Todos os direitos reservados.